Quem ama animais, sabe muito bem o sentimento de impotência e indignação ao ver um cachorro/gato/cavalo judiado na rua. É difícil, é doloroso. Infelizmente não temos como recolher todos os bichinhos bondosos do mundo, mas podemos ajudá-los de outra forma.

Quando encontrei o Ulisses na frente do Passeio Público resolvi pegá-lo porque simplesmente achei que era o melhor para ele. Estava certa. Até então tinha ficado com todos os bichinhos adotados e esse – por causa do porte – não tem condições de morar comigo. Com isso, pude conhecer melhor o mundo das protetoras independentes (ou não) e hoje sei um pouquinho como esse pessoal sofre para dar condições dignas para um ser indefeso. Esse mundo não é tão lindo e caridoso como parece e tem muita gente que mais atrapalha do que realmente ajuda. Não vou entrar no “x” dessa questão, pois não é o propósito desse post. Enfim.

tombalatasJá conhecia o trabalho do  Tomba Latas e sempre achei a iniciativa muito bacana, principalmente pelas histórias e nomes que elas contam e dão. Esse grupo de protetoras independentes de Curitiba bota a mão na massa e resgata cães em condições deploráveis na rua. E é fácil ser madrinha desses lindos? Sim e não. Sim porque o amor que você sente por eles é maior do que qualquer dificuldade financeira que possa surgir. Por exemplo, eu pago sozinha R$ 180 para manter o Uli bem abrigado e alimentado até ele encontrar um lar definitivo. Porém, eu sempre conto com a ajuda da Andrea que me dá carona solidária para eu visitá-lo, me ajudou DEMAIS na castração dele (um beijo para Renata e a Simone que racharam conosco) e até já foi passear com ele. Ela é a segunda madrinha e meu coração fica feliz por encontrar pessoas boas assim. Essa ajuda é tão valiosa pra mim que só quero arrumar um date para Andrea com o Joseph Gordon-Levitt (ela irá me emprestar no fds, haha).

Estou colocando o Uli no contexto porque ele virou agregado do Tomba Latas depois de ter sido castrado. Conheci a Fernanda, uma das meninas do Tomba,  na época que o resgatei e hoje ela  me ajuda na divulgação do perfil do loiro-ruivo. Uma querida mesmo. Sem contar as outras meninas que não conheço, mas gosto só pela atitude. É preciso deixar claro que o Tomba Latas não é uma ONG e não possui abrigo. Elas encontram um animal precisando de ajuda, recolhem, pagam do próprio bolso o remédio, a castração,  a vacinação etc e os colocam para a adoção. Nesse meio tempo, os amadinhos ficam em abrigos (que não são de graça porque OI, precisam se manter também) ou em casas temporárias.

Não é fácil, não é barato. Por isso, elas sempre promovem eventos como o Tombazar para angariar fundos a fim de ajudar mais ainda. Quem gosta, faz por amor e toda ajuda é bem-vinda (seja financeira, compartilhando, repassando para algum candidato em potencial etc).

ADOTE UM BICHINHO BONDOSO

É importante que a adoção seja feita de forma consciente. Não adianta adotar porque acha lindo ou tem peninha, é preciso ter em mente que o bichinho precisa de atenção e que a fase de adaptação não é fácil. Muita gente devolve o animal porque ele late muito ou ainda não aprendeu a fazer xixi no jornal. Por favor, né! Não é para fazer bonito somente no Instagram ou no Facebook, glr. O animal sofre muito com a devolução, ele sente a rejeição sim.

Eu já conversei com algumas pessoas que estavam interessadas no Uli e confesso que sou pior que pai de filha única com 15 anos. Uma queria usá-lo como cão de guarda, outra morava em apartamento, outro sumiu etc. Prefiro pagar por mais um tempo e evitar stress para ele. O porte (médio a grande) do Uli não é para apartamento e ele precisa de alguém que brinque e o ame. Se for para ser de qualquer jeito é melhor esperar “A”  pessoa. Eu sei que vai aparecer!

tombalatas_uli
Ulisses – Fale comigo ;)
tombalatas_fiapo
Fiapo <3
tombalatas_madonna
Madonna
tombalatas_nho
MEU DEUS, quero todos
tombalatas_shine
Shine
tombalatas_vanessadamata
Vanessa da Mata – Ela era cabeluda haha
tombalatas_campanha
Campanha de adoção aos domingos – Pet World, na Augusto Stresser, 1476, Hugo Lange
tombalatas_willie_estrela
Willie e Estrela

AJUDE O TOMBA LATAS

No momento, o Tomba Latas está com pouca ração.  Quem puder ajudar tem ração com desconto (só para doação) no Pet Happy – (41) 3014- 6136 -Nunes Machado, 575 loja 4 – Centro – Curitiba.

Amanhã, dia 09, tem um Tombazar com produtos para venda que serão revertidos para os aumiguinhos :D Sempre tem evento aqui. Veja aqui como ajudar de outras formas.

tomba_lata

Para seguir os tombinhas: Site | Fanpage | Instagram

10 Comentários em Pet Lover: Tomba Latas

  1. Oh meu deus, tbm quero todos! Hahaha
    Sou apaixonada pelo Uli. Se eu for pra uma casaa no q vem, vou buscá-lo em curitiba! Haha
    Mas na vdd torço pra que ele encontre uma família antes <3

  2. Uli <3
    eu faço propaganda dele pra todos os meus amigos na esperança que algum deles se apaixone por esse lindão e resolva levar ele pra casa. se apaixonar por ele é muito fácil, o problema é que a maioria mora em apto ou já tem cachorro :(
    mas vou continuar divulgando. uma hora aparece alguém bacana pra ele.
    se precisar de carona pra levar o Uli pra passear, é só me avisar. se eu puder ir, vou com o maior prazer :)

    • Uli bondoso!!

      é, o duro é achar alguém com tudo que ele precisa! obrigada pela ajuda sempre <3

      levei um susto quando vi seu comentário que não aparecia porque você é a única pessoa que comenta sempre por aqui. Dermelivre perder essa leitora maraviosa. não sei porque caiu no Spam, mas já tá certinho!!

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Comentário *