anti-social-media-por-jordan-anstatt_01

Mais um achadinho da Manu gatz que vou compartilhar por aqui. Dessa vez é o designer e filmmaker americano Jordan Anstatt que fez um projeto em que a obra de Roy Lichtenstein foi reinterpretada com uma visão (e crítica) atual sobre as mídias sociais. Vou contar que sempre critiquei as pessoas que ficam com a cara grudada em seus celulares e não prestam atenção em nada ao seu redor. Nessa época eu tinha um Motorola EX115 Motokey que nem 3G funcionava direito. Daí o iPhone entrou na minha vida e virei mais uma pessoa bitolada do smartphone. A língua é o chicote da bunda e o celular com wifi é um crack tecnológico. Vicia mesmo e você se torna um otário que não sabe conversar com outra pessoa sem dar uma olhadinha na tela. Já estive em uma mesa com amigos onde ficamos em silêncio por uns 5 minutos porque TODO MUNDO estava conferindo algo nas redes sociais. Péssimo, né?

Mesmo trabalhando com isso, sei que chega uma hora que é preciso ter limites para que exista interação social saudável (nunca vi, só ouço falar). Não precisa ser um anti social media, mas é importante ter bom senso e autocontrole para não ser o imbecil do smartphone.

anti-social-media-por-jordan-anstatt_4
Original aqui
anti-social-media-por-jordan-anstat11t
Original aqui
anti-social-media-por-jordan-anstatt_22
Original aqui
anti-social-media-por-jordan-anstatt_31
Original aqui

1Pingbacks & Trackbacks em Anti Social Media por Jordan Anstatt

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Comentário *