Jessica O. 5

Mais uma entrevista com tatuadora brasileira, yay. Conheci o trabalho da Jessica O. pela Brisa Ink, fiquei bem apaixonada e vou dar continuidade ao perfil dela aqui. Com um traço seguro e as cores clássicas do old school, a tatuadora catarinense de 27 anos faz um trampo digno de um Salon Serpent Tattoo Parlour da vida. Bora conhecê-la:

1) antes de tudo, conte como surgiu o interesse em ser tatuadora. o que fazia antes?

Eu sempre amei desenhar, sempre foi o que quis fazer, aí eu fiz moda achando que poderia me realizar nisso, trabalhei com desenvolvimento de produto e várias coisas fora da área também, mas eu tava muito infeliz e larguei tudo. Fiquei sem saber o que fazer da vida, e resolvi fazer o que sempre amei, desenhar, em casa mesmo, sem pretensão de ganhar algo com isso. Meu amigo Bode Burton, tinha um studio com um sócio na época, e precisava de alguém pra atender e me falou que se eu quisesse, depois que eu tivesse preparada, ele me ensinaria a tatuar. E foi assim, comecei atendendo, limpando, estudando muito, como aprendiz dele e em agosto faz 3 anos que tô nessa vida maravilhosa.

2)  conte um pouco sobre suas influências artísticas

Eu me inspiro em várias coisas fora da tatuagem mesmo, gosto de imagens de papel de carta, cartões postais, ilustrações antigas, fotos antigas. Tento adaptar desenhos dos mestres dos velhos tempos (Bert Grimm, Amund Dietzel, Ben Corday, Colemann, Percy Waters, sailor Jerry) também, pra o meu traço, sempre com muito respeito e admiração. E gatos, muitos gatos, sempre hahah.

3) se pudesse ser tatuada por alguém que admira muito, quem seria?

Faz um tempo já que admiro demais o trabalho da Ashley Love, e seria demais ser tatuada por ela e pretendo um dia ainda. Mas acho incrível ter muitos amigos e amigas que admiro demais dentro da tattoo e pra mim ser tatuada por eles é muito mais importante do que ter tattoos de gente “famosa”.

4) quais são os projetos pra 2016?

Trabalhar muito, estudar sempre e viajar pelo Brasil!

5) qual dica você dá para quem quer começar a profissão como tatuadora?

Es-tu-de, muito, demais, tudo, não só desenho, não só tattoo. Estude máquina, agulhas, todo equipamento que você vai usar, pesquise como as tintas são feitas, e faça com amor. Não comece achando que você tá foda, porque o aprendizado não para nunca, e eu sou nova ainda na tattoo também, muita coisa pra aprender ainda e muito estudo pela frente!

Jessica O. 11

Jessica O. 4

Para segui-la: Fanpage | Fanpage do estúdio | Instagram

Serviço
☞ Lado Clássico Tattoo
Rua Antônio da Veiga, 495, Blumenau – SC.
Agendamentos por inbox, ou no
jessiecandraw@gmail.com

Espalhe por aí:

2 Comentários em Entrevista: Jessica O.

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Comentário *