Cabelo

Wigs by Vanity

Quando você adentra ao mundo drag, fica completamente atenta aos detalhes como: marcas de perucas, novidades de maquiagem, entre outros. As perucas ou as laces realmente são um show a parte e são essenciais para a transformação de uma drag (tirando as carecas como Ongina ou Sasha Velour, por exemplo). Eu, pessoalmente, costumo reparar primeiro na peruca do que na maquiagem porque uma boa lace chega primeiro no meu olhar. Uma peruca horrenda (tipo as da Dida, tadinha) pode comprometer um look todo, é triste. Inclusive, existe uma diferença gritante entre peruca e front (ou full) lace: a peruca normal se não possui um bom volume ou franja pode deixar a linha de frente aparente. Já a front lace vem com um parte de tule (lace) na frente que é colada e a lace desaparece na cabeça, dando a ilusão de como fosse o cabelo da pessoa mesmo. Aqui tem alguns vídeos explicando melhor.

Dito isso, faz pouco tempo que conheci Wigs by Vanity e fiquei completamente apaixonada pela front lace oferecida. A marca surgiu em 2003 quando as drags australianas Vanity e Courtney Act (sim, ela mesma) resolveram criar uma empresa com perucas inspiradas na própria RuPaul. Elas tinham dificuldades em encontrar front laces bonitas e diferentes que tivessem um valor digno, e viram uma boa oportunidade em abrir o negócio. Deu tão certo pela entrega de qualidade e preço acessível que atingiu um grande números de fãs, inclusive a própria RuPaul. Algumas perucas levam o nome de algumas drags como Raja, Alaska, Bianca etc e várias ex-participantes do show usam a marca.

De acordo com a descrição do site, as perucas são para drag queens, showgirls, crossdressers, bio queens, cosplay, teatro e muito mais, deixando o negócio mais amplo ainda. Segundo o site, as perucas são feitas com uma estrutura um pouco maior do que as normais a fim de que o encaixe fique bom para todos. Elas são feitas com fibras sintéticas de alta qualidade e com a linha de cabelo com tule bem fino.

A drag queen can exist without a wig, but an amazing wig is nothing without a drag queen – Vanity

Quem cuida do instagram da empresa é basicamente a Vanity que faz stories divertidos e mostra a produção das laces bapho. Inclusive, a semelhança das duas [Vanity e Courtney] é incrível, mesmo out of drag são parecidas. Pesquisei a respeito e descobri que foi a Vanity quem ajudou a Courtney a criar seu look atual, pois a mesma (Vanity) é umas pioneiras no estilo fishy na Austrália, tendo trabalhado com a Carlotta que, por sua vez, é uma lenda na Austrália e musa inspiradora do filme Priscilla, a Rainha do Deserto.

A marca física fica em Sydney, Austrália, mas entrega para todos os países. A média de cada lace é $250, valor muito bom pela qualidade e diferencial.

Vanity
Stand na DragCon ’17
Vanity out of drag

Para seguir: Facebook | IG

Equipe de beleza da Marilyn Monroe

Montar uma entourage afinada é para poucos, mas Marilyn Monroe conseguiu. E conseguiu uma equipe que enalteceu sua beleza mais ainda, a transformando num ícone copiado até hoje. Marilyn teve três profissionais que a acompanharam fielmente para levar autoestima, carinho e a tão sonhada beleza impecável, sensual e platinada que a atriz tanto almejava. E, antes de excelentes maquiadores, cabeleireiros e coloristas, todos foram amigos e confidentes da loira mais amada do show business. Gostaria de apresentá-los:

Allan “Whitey” Snyder

Allan “Whitey” Snyder iniciou sua carreira como maquiador profissional em 1948 na assistência do filme The Walls of Jericho. Já sua parceria com Marilyn Monroe começou um pouco antes, no primeiro teste da atriz para FOX em 1946 e durou até seu fim trágico em 1962. O início do relacionamento dos dois foi meio conturbado: quando ambos se conheceram, Marilyn bateu o pé para que o maquiador usasse um pó de teatro (muito mais forte do que para televisão) que obviamente ficou horroroso. A equipe a mandou de volta para o camarim pedindo para que o profissional – que era de extrema confiança do estúdio – lavasse o rosto da atriz iniciante. Marilyn ficou mortificada, já que sabia que era culpa dela e, a partir daquele dia, confiou plenamente em Whitey como maquiador e confidente. Ele a acompanhava em todos os trabalhos pela FOX, assinando a maquiagem de todos filmes que Monroe participou. Era Whitey que a ajudava quando a atriz tinha crises fortíssimas de ansiedade. Segundo registros, o maquiador refazia a maquiagem até que ela ficasse calma e pronta para entrar no set. Outra estratégia para acalmá-la era tirar fotos dela nos bastidores antes de gravar. Alguns álbuns foram encontrados depois da morte do maquiador em 1994 (aqui você pode ver) e leiolados.

Marilyn e Snyder num momento informal

Conta-se também que Marilyn deu um clipe com diversas notas de dólares que seria o pagamento para que ele a maquiasse quando a mesma morresse: “Whitey, dear…while I’m still warm—Marilyn” (Whitey, meu querido… enquanto eu ainda estou quente—Marilyn), dizia o bilhete. Quando a tragédia aconteceu, Joe DiMaggio (que foi um dos maridos dela e acredito o “melhor”) tomou conta de todo o funeral e o chamou pra maquiá-la pela última vez. Whitey tomou algumas doses de gin e foi cumprir o prometido. Depois da morte de Monroe, ele continuou na FOX, porém, todos tomavam muito cuidado em falar sobre a atriz quando Snyder estava presente, já que o mesmo nunca superou a morte da cliente e amiga. Sobre seu trabalho, Snyder foi nomeado duas vezes pela Primetime Emmy Awards na categoria Outstanding Achievement in Make-Up (Melhor Maquiagem). Uma dessas nomeações foi feita em 1978 pelo seu trabalho para o teledocumentário Marilyn: The Untold Story e em 1981 pelo seriado Little House on the Prairie. Seu último projeto foi na série criada em 1984 Highway to Heaven em que ele trabalhou até 1987. Importante: aqui tem umas dicas preciosas de beleza que o Snyder contou.

Whitey geralmente fazia dupla com duas divas que cuidavam do cabelo de Marilyn Monroe: Agnes Flanagan e Gladys Rasmussen. Bora conhecê-las:

Agnes Flanagan

Agnes Flanagan era uma cabeleireira bem requisitada nos estúdios FOX, assinando alguns filmes icônicos pelo departamento de maquiagem como Festim Diabólico, de Alfred Hitchcock. Seu relacionamento com Marilyn começou em 1950 no set do filme The Fireball (O Faísca). Desde aquele dia, as duas viraram amigas e Agnes fez seu cabelo para seus principais trabalhos como Quanto Mais Quente Melhor (1959), “Let’s Make Love” (1960), The Misfits (1961), “Something’s Got To Give” (1962), entre outros. Inclusive, na gravação de Misfits, Agnes usou peruca, já que o deserto de Nevada destruía o cabelo de Marilyn e não tinha como ajeitá-lo por conta do calor extremo do local.

Agnes cuidava de seu cabelo para sessões de fotos – inclusive esteve na última de sua vida com Bert Stern – e a penteou para seu funeral em 1962. A cabeleireira frequentava a casa da atriz e levava seus dois filhos para brincar com ela, tendo em vista que Marilyn não tinha filhos e tinha o instinto materno aguçado. Ela também cuidava das madeixas de Bette Davis e Elizabeth Taylor, tanto que Agnes e seu marido fazem uma ponta no filme maravilhoso de Liz, Quem tem medo de Virginia Woolf (1966).

Agnes, Marilyn e Snyder

Gladys Rasmussen

Outra cabeleireira e amiga de confiança da bombshell era Gladys Rasmussen. Gladys acompanhou a transformação do loiro de Marilyn Monroe durante os anos. O sonho da atriz era ser platinada como Jean Harlow, uma de suas divas, mas seu cabelo – segundo Gladys, era extremamente fino e encaracolado o que dificultava o processo. “Existem muitos problemas em fazer o cabelo de Marilyn; é muito fino e, por isso, difícil de lidar. Ele fica oleoso se não for lavado diariamente, e seu cabelo natural é tão encaracolado que tenho que fazer um permanente liso antes de construir um penteado. O jeito que encontramos para chegar no tom platinado foi com minha mistura secreta do descolorante Sparkling Silver volume 20 e uma fórmula secreta de um creme platino-prata para tirar o amarelado” (tradução livre daqui).

Troca de funções: Marilyn penteando o cabelo de Gladys

Marilyn Monroe era grata à Gladys por sempre cuidar de seu loiro e penteados que uma vez deu uma foto colorida pra ela escrito “To Gladness, for making me look like this. Love Marilyn” (Pra Gladness, por me fazer ficar assim. Com amor, Marilyn). A cabeleireira costumava atender a atriz em casa todo o final de semana para descolorir sua raiz, já que crescia incrivelmente rápido. Por ter o cabelo castanho escuro, o cabelo de Marilyn precisava de manutenção constante e era Gladys que cuidava de tudo (e com muito estilo, né? porque ôô lookeira massa dela).

Inspiração capilar: cabelos marcantes

Eu ia fazer uma post somente com cabelos bicolores, pois acho lindo e blabla. Mas pensei que poderia deixar mais completo e fazer uma lista de personalidades (ou personagens) que possuem um cabelo marcante. Sabe aquela marca registrada? Que todo mundo sabe que você já vai chegar com AQUELE cabelo bapho? Acho incrível pessoas que se conhecem a ponto de ter algo inesquecível. Lembrando que nem sempre é considerado um cabelo bonito nos padrões redondos estéticos, muito pelo contrário, o tal picumã marcante é justamente o oposto do que vemos em anúncios de produtos capilares. E é aí que mora a grande sacada pra se tornar algo incrível. Então fiz uma listinha de cabeça, sem pesquisar muito, de pessoas que “servem” uma cabeleireira digna:

Grace Coddington

Ex-modelo e ex-diretora criativa da Vogue América depois de 30 anos, Grace é uma dessas figuras inesquecíveis. Quem assistiu The September Issue (tem na Netflix) sabe o que estou falando. Além de ter sido braço direito da Anna Wintour, ela foi uma stylist bem a frente de seu tempo. Seu cabelo é inspirador por ser vermelho e volumoso, servindo até como inspiração para a personagem bruxa fashionista em American Horror Story.

gracecoddington

grace-coddington-i-d-winter-2012-01

Costanza Pascolato

Sei lá quantas vezes já citei essa maravilhosa por aqui, mas nunca é demais. Ícone de estilo e personalidade, Costanza Pascolato também tem um cabelo marcante. Preso com volume no topo ou solto com graça: sempre chique e nunca boring.

costanza1

costanza2

Vivienne Westwood

A estilista britânica jamais deixou seu visual entendiante. Seu cabelo é uma das assinaturas visuais que amamos.

Vivienne Westwood, December 2011 Vivienne-Westwood-With-Vivienne-by-Marta-Lamovsek

vivienne-westwood-sq
quando ela deixou bem curtinho e natural

Lily Munster

Vale personagem? Óbvio que sim! Quantas mulheres da vida real que a matrona da família Munster não inspirou, né? Amo essa mecha branca, o grande charme de seu visual.

lily m lily-munster-color-1

Elvira, a rainha das trevas

Já que vamos falar de personagens, não podemos esquecer da grande Elvira, a nossa rainha. Com seu cabelo inconfundível, ela continua arrasando em Las Vegas. Haja laquê!

elvira hair

Elvira-Pony4

Dave Vanian

Sem esquecer do boy Dave Vanian, delícia and vocalista da banda The Damned. Ele tem aquela mecha vampiresca e incrível nos topete tudo. Precisa segurar o visual e ele faz isso muito bem.

dave vanian

vanian
continua segurando o cabelon

Amy Winehouse

Não poderia esquecer Amy Winehouse. Figura marcante seja no cabelo, voz e maquiagem. Amy nos marcou para sempre. Segundo o doc dela, quanto mais sentia-se insegura, mais alto ficava o topete. O cabelo dela era quase um esconderijo….

amy090713w Amy-Winehouse

Depois perguntei no meu perfil algumas dicas de pessoas ou personagens com cabelo marcante, recebi da Dani, Valentina, Flavia e Tiz essas menções: Marge Simpson, Noiva do Frankenstein, Mia Wallace (Pulp Fiction), Tina Turner (amo), Gal Gosta, Maria Bethania, Leia, Ginger Spice, Imelda May, Anna Karina, Anna Wintour, Amélie Poulain. Citaram Daphne Guinness e Brigitte Bardot, mas tem posts sobre elas aqui e aqui (respectivamente).

IMG_8472

IMG_8481

Tem alguma musa ou muso do cabelo diferentão? Me conte!

Ode ao cabelo cacheado

Essa é especial para quem ama cabelo cacheado como eu. Também gosto de cabelo liso, mas sou muito mais um com volume, verdade seja dita. Um rápido resumo sobre meu cabelo: ele era cacheado, bem preto, LINDO. Daí peguei piolho na escolinha e a pediatra indicou pra minha mãe cortá-lo bem curtinho. Ele ficou liso e deu uma clareada. Com 7 anos meu cabelo começou a ficar ondulado e sem forma, nem liso, nem enrolado e muito difícil de lidar. Fiz natação durante muito tempo e o coitado foi consumido pelo cloro, ficou zoado mesmo. Com 14 anos comecei a fazer escova todo final de semana para domá-lo e depois me rendi às progressivas que faço até hoje. Geralmente o aliso para a raiz ficar domada (é muito difícil MESMO), porém, sempre dou uma enrolada nas pontas com a pranchinha (sim, já fiz post sobre isso aqui e aqui) para ele ficar com bossa e sedução. Se deixar naturalzão, ele pode ficar assim:

10441979_10155156805230584_4831673929969259831_n

Acho lindo de morrer cabelo cacheado bem certinho, sabe como? Aquele com cachinhos, volume e muita personalidade. O meu ideal seria 2B, 2C ou 3A (entenda aqui). Se o seu fuá consegue ter cachos naturais e tem uma raiz fácil de lidar, por favor, NÃO ALISE (ou faça se quiser, haha). Não vale a pena ceder ao mimimi da sociedade. Assuma as belas melenas encaracoladas. Encontrei um blog chamado Curly Essence e vou postar algumas inspirações:

cabelo cacheado

cabelo cacheado 7

cabelo cacheado 8

cabelo cacheado 9

cabelo cacheado 10
cabelo cacheado 3

cabelo cacheado 4

cabelo cacheado 5

cabelo cacheado 6

Indicações

18 truques e cuidados para cabelo cacheados

Tipos de cabelos cacheados

Guia dos cabelos cacheados

Seis dicas por Cinthya Rachel

Canal da Rayza Nicácio

Inspiração: Cabelos BB

Cabelos Bardot 4

Caso você se pergunte o que é cabelo BB, não é de “bom, bonito (ou barato, mas poderia ser). O BB vem de Brigitte Bardot, eterna musa francesa de estilo, beleza e, é claro, cabelo. Já postei sobre ela aqui, porém, gostaria de fazer um apenas com fotos com inspiração capilar. O que mais amo no penteado dela é a forma despenteada que ele se apresenta. Não é aquele super arrumadinho, mas aquele que você acordou  e não teve muito tempo para ajeitar super bem e, mesmo assim, faz bonito na rua.

Tutorial

[youtube:http://youtu.be/watch?v=2xlL356HGMU&w=500%5D