Design

Fanpage do amor: Lowbrows Popsurrealists

ryden_04

Lembro que lá em 2005, bem no comecinho do DeviantArt e LiveJournal, descobri artistas como Mark Ryden, Ray Caesar, Camille Rose Garcia, Junko MizunoTrevor Brown, entre outros e achava simplesmente O máximo. Lá no meu falecido LiveJournal (era fechado, poucos posts em público), cheguei a entrar em algumas comunidades de lowbrow e babyart.

Depois que me mandei do LJ, parei de acompanhar como fazia antigamente e fiquei um pouco por fora (tem tumblr para isso) de artistas novos de Lowbrow. Por conta disso, fiquei feliz ao encontrar a fanpage Lowbrows e PopSurrealists! Ela é bem completa e vem linkada com o site oficial do artista. Tô adorando voltar para esse mundo underground de arte pop surrealista. Para quem não conhece: O termo “lowbrow” é uma gíria que significa vulgar, inculto, é o contrário de “highbrow” que é o “intelectual”. A arte lowbrow também é conhecida como pop surrealism, urban folk e outsider art. Os artistas possuem referências mais underground como cartoons, tatuagens, quadrinhos, Filmes Trash B, Naïf, cultura gótica (<3), grafite, bandas indies, hot rods, kitsch e, é claro, surrealismo. Saiba mais aqui.

É um mundo a parte, algumas artes são realmente bizarras e cheias de detalhes e é por isso que admiro. Outra coisa: você identifica que é lowbrow pelo traço e tema. Separei alguns trabalhos da fanpage mesmo:

Bunny Mazhari

lowbrow_Bunny Mazhari

Juan Gatti

lowbrow_Juan Gatti

Ana Bagayan

lowbrow_Ana Bagayan

Sergio Mora

lowbrow_SERGIO MORA

Richard J. Frost

lowbrow_Richard J. Frost

Natalie Shau

lowbrow_Natalie Shau

Nouar

581869_585123178174701_806328996_n

A ilustração de Kael Kasabian

Kael Santana de Lima aka Kael Kasabian é um ilustrador super talentoso que descobri por meio da Ana Carolina do blog Flores e Corações. Quando vi a ilustração pronta do lindo e danado Café, logo quis encomendar uma para o meu amor caolho Camões. Fiquei apaixonada pelas cores e, principalmente, o traço. Super meticuloso com listras coloridas que dão um certo “volume” ao desenho.

Pedi mais informações para Ana Carolina e já entrei em contato com o Kael para saber preços e como era o processo do trabalho. O artista foi super prestativo e educado, sendo que até me mandou foto da cachorrinha Bibi e contou que sua mulher tem uma ONG em Iúna/ES que recolhe cachorros abandonados. Muito amor, né não? Ah, um adendo interessante: Kael mora no Espírito Santo, mas é de Santos/SP. Depois de tudo acertado, mandei quatro fotos do Caolho e ele resolveu fazer um mashup:

caolho kael kasabian

Em poucas semanas, Kael me mandou um detalhe da ilustra:

kael kasabian

Já fiquei super ansiosa e no dia seguinte ele me mandou o resultado final:

tumblr_mlvvt8HwED1r8s0g0o1_500

Como não amar, Brasil? Olha a perfeição do trabalho do Kael! Já recebi a ilustração em papel canson creme que foi feita com tinta acrílica, aquarela e caneta. Quero colocar numa moldura bem linda e pendurar na parede de tão orgulhosa que estou (pena que não acho uma moldura assim de 15×21, AJUDAEU)!

kael kasabian

Fiquei tão animada que resolvi fazer umas perguntas para ele. Bora conhecer um pouco sobre este talento:

Mais 20 Minutos entrevista Kael Kasabian

– Quando começou a ilustrar?

Em 2002, ganhei um kit para desenho de uma  tia e de lá venho trabalhando sem parar.

– Quais são suas referências artísticas?

São muitas, mas o surrealismo, a art noveau, os mangás japoneses e a street art são os principais.

– Como desenvolveu esse método de ilustrar? Fiquei impressionada como os traços meio ondulados são meticulosos.

No começo, em 2009 ou 2010, fiz alguns trabalhos pequenos, usando restos de tinta acrílica com água. Fiz alguns animais como se fossem aquarelas. Depois  em 2011, comecei a usar um pincel bem fino para fazer algumas linhas coloridas em cima destas aquarelas, daí com o tempo abandonei a aquarela e só usei as linhas coloridas.

– Quanto tempo leva para desenvolver uma ilustra?

Depende muito. No caso destas coloridas, com as linhas, se for pequena dentro de 2 a 3 dias. Se  for grande (A4, A3 ou A2), dentro de 2 a 3 semanas, já as outras ilustrações o tempo varia conforme a quantidade de detalhes e cores.

-Como define seu trabalho?

Em processo, como comecei de forma autodidata, ainda não consegui “fechar” um estilo que me agrade. Apesar que, os clientes e amigos próximos, sempre digam que já reconhecem meus trabalhos, geralmente pela temática e a escolha das cores.

– Além de criar ilustrações maravilhosas, você possui outro trabalho ou se dedica somente a isso?

Atualmente só me dedico às ilustrações, mas em breve começarei a entrar no mundo das tatuagens.

– Para finalizar, qual seu álbum predileto (ou música) do Kasabian? Não resisti e tive que perguntar!

O álbum sem dúvida é o primeiro, de 2004, quando conheci Kasabian foi um momento de mudanças bruscas na minha vida e as músicas bateram forte em mim. Fora que no primeiro álbum o som, o vocal do Tom Meighan, soem como rebelião, algo agressivo. Infelizmente com os  álbuns seguintes eles perderam esta “revolta” e se tornaram pop.

Se você curtiu e quer fazer uma ilustração com ele também (três amigas já pediram todas as informações, hehe), pode entrar em contato por e-mail com ele aqui. Kael também tem Tumblr e Flickr. Dê uma olhada no álbum somente com ilustras de animais, <3.

Neon light is for lovers

neon_light_1

Eu confesso: sou neon light freak. Acho tudo mais legal quando tem um letreiro neon – que é pouco utilizado hoje em dia. Certeza que quando eu ajeitar minha casinha vai ter algo neon em algum canto…  Separei algumas neon lights do meu álbum do Pinterest.

Neon light is for lovers

Neon light is for lovers

Neon light is for lovers

neon_light_highheels

Neon light is for lovers

Neon light is for lovers

Neon light is for lovers

Neon light is for lovers

Neon light is for lovers

Neon light is for lovers

Neon light is for lovers

Neon light is for lovers

db2a96ee58b317ec793b1ef503fc4e7a

Eu quem tirei! É de um clube rocka-psychobilly em SP.

025201028dd711e2939222000a9f1385_7

3f47c1f48dec11e2b0f722000a9f18db_7

ps:- conheçam o projeto 12 meses de amor neon aqui. Quero o livro!

Disasterland – Disney do Djanho de Rodolfo Loaiza

disasterland-a-disney-do-mal_6

Eu já tinha visto algumas coisas do Rodolfo Loaiza pelos tumblrs e pinterests da vida, mas até então nunca tinha ido atrás para saber mais. Depois que me deparei com uma reeleitura de uma obra da Frida Kahlo com a Snow White tatuada, daí resolvi pesquisar mais a respeito do artista. Me ganhou.

disasterland-a-disney-do-mal_9

Rodolfo Loaiza é mexicano e criou o Disasterland a fim de desconstruir toda a beleza e o final feliz existentes na Disney. Tem Branca de Neve se cortando, Cinderella Spears fazendo aloca e raspando a cabeleira do zezé, a Lady do Vagabundo fazendo cocô bem lyndra no quintal e outras coisas que me fizeram rachar o bico. Adoro essas obras politicamente incorretas e cheias de “humor negro”. Ó só:

disasterland-a-disney-do-mal_11

disasterland-a-disney-do-mal_5

disasterland-a-disney-do-mal_15

disasterland-a-disney-do-mal_13

disasterland-a-disney-do-mal_12

disasterland-a-disney-do-mal_4

Para quem quiser conhecer mais, só ver aqui.

Os posters de Sam Smith

os-posters-de-sam-smith_7

O designer gráfico e músico americano Sam Smith costuma recriar pôsteres de filmes cults (ou não) que adoramos. Além disso, ele é baterista do Ben Folds, Tristen e My S0-Called Band. Amo essa gente de múltiplos talentos!