Tattoo

A tatuagem forte de Dani Queipo

Dani Queipo 14Se você curte estúdios de tatuagem, sabe que o Seven Doors Tattoo em Londres é bem cotado, certo? Pois bem, o espanhol Dani Queipo trabalha por lá e é conhecido por suas peças com traço forte e cores primárias. Dani – que hoje mora no Reino Unido – começou a se tatuar com 15 anos e ficou apaixonado pelo ofício. Aos 16 anos guardou o dinheiro de seu primeiro freela e, aos 18, já tinha uma graninha para comprar seu equipamento de tatuagem.

Na Espanha ele trabalhou em diferentes estúdios e cresceu como tatuador. Mas foi como convidado em outros lugares que novas oportunidades começaram a surgir. Depois de muito estudo e boas experiências no Tattoo Circus, em Madrid, seus colegas de profissão Deno e Jordix– donos/sócios do Seven Doors Tattoo – convidaram Dani para ser residente do estúdio. Ele nem hesitou em aceitar.

Para o tatuador existe uma grande diferença em tatuar em Londres e Barcelona. A primeira cidade é conhecida por ser um grande centro turístico na Europa e pela tradição de tattoo. “Eu vejo pessoas mais velhas com tatuagens e isso é super excitante porque todo mundo aceita tattoos como algo normal na sociedade. Isso é completamente diferente na Espanha, pois somente agora que as tatuagens estão começando a ser aceitáveis e não tem grande seguidores dessa cultura por lá”, conta na Sang Bleu Magazine.

Dani tem um trabalho de respeito com suas tatuagens clássicas e fortes, sempre estudando para que sua arte fique cada vez melhor.

Para segui-lo: Instagram | Tumblr

Blackwork por Russell Winter

Russell Winter 7

Não sei se já mencionei aqui, mas um braço meu (esquerdo) só tem tatuagem colorida e o outro apenas p&b. Não comecei de forma pensada, por incrível que pareça. Porém, quando percebi que eles estavam assim, logo estabeleci essa regrinha. Então, minha maior procura por inspirações de tatuagens são as old school e de blackwork. Adoro achar artistas bons com trabalho p&b que é o caso do australiano Russell Winter.

Ele ainda é aprendiz no estúdio Hidden Moon Tattoo, em Melbourne, porém o rapaz já faz um trampo bem consistente com linhas e pontilhismo.

Russell Winter 10

 

Boo-hoo das tattoos: Alex Wright

Alex Wright

Especial para quem ama filmes trash/B e tatuagens: o estúdio Grindhouse Tattoos Productions (hello, nome maravilhoso) abriu em cidadezinha na Inglaterra chamada Macclesfield, dia 02 de fevereiro de 2016 e conta com dois tatuadores especializados e premiados em realismo de horror.

Um deles é Alex Wright que manja muito em tatuar capas de VHS de filmes de terror. Sim, aquelas capas maravilhosas e super bem feitas dos anos 80/90 que hoje em dia não vemos mais. Achei incrível o trabalho dele que respeita até o selo da produtora dos filmes. Tatua exatamente como é!

Sei que tatuagem realista gera diversas opiniões, mas deixo claro que AMO esse estilo, tenho uma e pretendo fazer mais. Num é para qualquer um, não. Ó só:

Alex Wright 10

Alex Wright 5
Demorei alguns segundos para distinguir a foto com a tattoo

Alex Wright 4

Lady das tattoos: Jessie Knight

jessie knight 3

Tenho uma certa obsessão por tudo que é vintage e retrô, volte e meia estou pesquisando e compartilhando o que encontro, seja no Facebook, InstagramPinterest ou Tumblr. Achei duas matérias incríveis (Jezebel e The May Sue) sobre a primeira tatuadora britânica da história, Jessie Knight. Vou dividir aqui com vocês porque vale muito a pena conhecê-la.

A tatuadora inglesa veio de uma família circense e iniciou sua carreira nos anos 20 com apenas 17 anos, permanecendo na profissão até os anos 80. Seu pai – um marinheiro aposentado – era tatuador, a ensinou tudo sobre a arte e, inclusive, tatuou suas costas com o brasão dos Knight. Depois disso, Jessie começou a trabalhar no estúdio Charlie Bell’s e ficou muito popular, formando sua clientela basicamente composta por mulheres. Sendo a única tatuadora do Reino Unido durante um bom tempo, passou pelos estúdios nas cidades de Barry, Aldershot e Portsmouth.

Em 1955, Jessie ganhou o segundo lugar em Londres na competição “Champion Tattoo Artist of All England”, numa época onde havia apenas cinco mulheres que trabalhavam full time como tatuadoras. Conta-se também que a artista tatuou o Rei Edward VIII antes do mesmo subir ao trono.

Infelizmente não tem muitos relatos da artista pela internet, mas a sobrinha dela fez uma fanpage em sua homenagem com algumas fotos e informações.

jessie knight 7

jessie knight 2

jessie knight

jessie knight 6
As costas de Jessie que foram tatuadas pelo seu pai. É o brasão da família
jessie knight 5
Uma das peças que ela fez que ganhou o London’s ‘Champion Tattoo Artist of All England’. O moço em questão é um jovem escocês que estava em serviço e queria lembrar da sua terra

jessie knight 4

Mina das tattoos: Kelly McGrath

Kelly McGrath 8

Minha amiga Dani me marcou em um post da Kelly McGrath e amei o trabalho dela. A tatuadora americana começou em 2008 e tem um estilo bem girlie e mágico com cores marcantes. Além de tatuagens, a artista também vende prints e produtos. Você pode segui-la aqui.