Visitei

Cafés que estou amando em Curitiba

Coisas na vida que devemos dar mais valor: cafés decentes, bem ajeitados que proporcionam momentos legais onde você pode tomar um chá/café/suco e comer bem. Ultimamente ando frequentando MUITO dois locais fofos aqui em Curitiba e quero falar um pouco a respeito deles porque valem a pena.

Le Mundi – Livroteca Café

O primeiro é uma descoberta recente e incrível: a Le Mundi que, além de ser um café, também é uma livroteca. Ou seja, une o lindo com o maravilhoso. O local fica numa casinha no Alto da XV (meu bairro predileto nessa cidade) e é totalmente confortável com um atendimento top e um preço digno. Já na entrada, você encontra quadrinhos e uma rede, tudo bem convidativo. A vibe de lá é uma delícia: tem mesinhas, sofás, prateleiras com diversos livros excelentes que você pode alugar, ler na hora ou comprar. Também tem uma parede onde fica um pouco do cardápio escrito em giz, além de recadinhos fofos. A comida? MARAVILHOSA, principalmente os doces. Lá tem o melhor brownie de Oreo que comi na minha vida todinha, sem brinks mesmo. Para quem ama café tem muitas opções (até com leite vulcânico). Eu sou mais chegada em chá e para minha felicidade, o que tem lá é da Chá & Arte que já falei aqui. Além disso, você pode comprar incensos, florais, canecas etc. Ah, MUITO IMPORTANTE: não esqueça de ler o seu oráculo e os livrinhos das bruxas e sorte do dia que ficam no caixa. Como nada é perfeito, a Le Mundi ainda não abre nos finais de semana, mas em breve abrirá.

cafes-que-estou-amando-em-curitiba - le mundi 2

cafes-que-estou-amando-em-curitiba - le mundi 3
Cookie delicioso de morango <3
cafes-que-estou-amando-em-curitiba - le mundi
Chá é um beijo na boca

Recomendo visitar a fanpage e o Instagram para ver as fotos dos produtos e do local!

Visite e seja feliz:

Rua Conselheiro Carrão, 262, Curitiba

Expresso Curitiba

Quem descobriu essa belezoca foi minha mãe, já que fica pertinho do trabalho dela. Eu e ela fomos pela primeira vez quando a Regina Vogue estava lançando um prato do dia. Fiquei sem graça porque estava cheio, com fotógrafos etc… mesmo assim adorei porque a comida, o atendimento e o ambiente são bem interessantes. Então voltei lá algumas vezes. O Expresso Curitiba abriu recentemente e também é um hostel. Como o próprio nome sugere, tudo tem referência curitibana seja com personalidades ou lugares. Por exemplo, o cardápio é dividido pela condução daqui: alimentadores, biarticulados (que são os crepes grandes, haha), entre outros. Os nomes dos pratos são com personalidades locais como Paulo Leminski, Dalton Trevisan, Oil Man, Karol Conka, Plá etc. Ah, falando nesse último, o Expresso vende todos os discos dele e a paçoca feita com gengibre que é deliciosa e ainda vem com um recadinho dele. A apresentação dos pratos é linda, seja no salgado como no doce (cada bolo delícia que OLHA), o preço é bom e o sabor também é incrível. Super recomendo a visita!

cafes-que-estou-amando-em-curitiba - expresso 2
Crepe Dalton Trevisan – tinha salsicha (não falo vina, desculpa), molho de tomate, batata palha. é um hot dog em crepe <3

cafes-que-estou-amando-em-curitiba - expresso 3

cafes-que-estou-amando-em-curitiba - expresso

Para conhecer o local e os produtos, vá na fanpage.

Visite e encha a pança:

General Carneiro, 543, Curitiba

Em breve quero visitar o Sweet Lolla que parece ser um amor. Conto aqui depois :)

Rotaroots: 5 coisas para fazer na minha cidade

Bom, eu sou macaca velha de blog, sendo que comecei no estilo “querido diário” em 2000 e fui evoluindo para outras vertentes (haha). Não é à toa que a brincadeira virou profissão.

Dia desses estava conversando com a Raquel (do Gordelícias e Maionese) e ela me contou sobre um grupo do Facebook chamado ROTAROOTS que reúne blogueiros das antigas. Achei a proposta interessante e resolvi participar para ver qual era. Confesso que estou adorando, pois o pessoal que administra costuma lançar temas todo o mês para postagens coletivas. Deixei a preguiça para lá e escolhi o tópico “meme: 5 coisas para fazer na minha cidade” para postar por aqui.

Eu adotei Curitiba para morar, fato. Sempre tive amor pela cidade, mas tem dias que acordo cansada dela. E é difícil desapegar, né? Sem contar que tem lugares legais para conhecer e faz tudo valer a pena. É disso que vou falar:

 1. Restaurante Corrientes 348

Fiquei alucicrazy quando descobri que tinha um restaurante Buenos Aires inspired em Curitiba. Convidei minha mãe para almoçarmos por lá e adorei. O nome Corrientes 348 foi inspirado no tango “A media luz” de Carlos César Lenzi e Edgar Donato, e interpretada por Carlos Gardel. O lugar realmente tem uma vibe porteña, o ambiente é confortável e separado pelos bairros (fiquei no Palermo Soho, ui). O atendimento também é excelente e nem aguardamos para pegar uma mesa. A carne estava gostosa, suculenta. Quando você paga, vem um suporte com diversos pirulitos gratuitos, haha. Não é barato, mas valeu a pena. Site | Fanpage

Corrientes 348 Parrilla Porteña.
Foto minha

2. Jardim Botânico

Clichê, mas necessário! Eu amo o Jardim Botânico de verdade. Quando eu morava sozinha, ficava o domingo inteiro por lá lendo livros e escutando música. Perdi este costume, só que guardo no coração. Se você vem para Curitiba pela primeira vez, acho pertinente conhecer este lugar lindo. Visite o Jardim das Sensações (fica perto da estufa) onde é possível apreciar as flores, cheirá-las, encostá-las (todo cuidado é pouco). É uma passeio válido e deixa a vida mais leve. Eu sou fã da natureza e adoro qualquer contato com ela.

jardim da sensacoes
Foto: minha – um pedaço do Jardim das Sensações

3. Largo da Ordem / São Francisco

Minha segunda casa, fo’sho’. Quem é do rock’n’roll (ou hippie ou punk ou qualquer coisa) vai amar ficar andando por lá. Domingo tem a feirinha famosa com artesanatos etc, já durante a semana tem  barzinhos, cavalo babão e muita gente estranha pelas redondezas. Quem vai para encruzilhada do djanho no São Francisco (aka Trajano Reis com Inácio Lustosa ou Trajano Reis com Paula Gomes) vai encontrar muita opção interessante e comida barateza.

Indico: Tem muita alternativa boa de barzinhos no São Francisco para comer e beber. Você encontra comida mexicana, hambúrgueres do rock e até frango frito à la Los Pollos Hermanos. Porém, o lugar mais barato e sem muita muvuca para quem quer matar a fome é a Pizza. Obviamente serve, hãn, fatias de pizza bem crocantes e fininhas por R$5.  Por lá também tem o famoso Torto que é excelente para quem gosta de ficar sentado no meio-fio tomando uma cerveja geladinha (peça o bolinho de carne, uma delícia) e o Old’s Pub para quem gosta de sinuca. DAÍ tem o meu bar predileto, o Lado B que fica na Inácio Lustosa. É um boteco do bem e do rock que tem cerveja barata e música boa. Já levei quase todos os meus amigos lá e até minha mãe (no horário mais susse e ela gostou). Mantive esse bar em segredo por algum tempo, inventei até apelido para ele, mas agora não tenho mais ciúmes (HAHAHA). Gosta de algo mais ~refinado~ ? Recomendo o Brooklyn Coffee Shop – um ambiente gostoso com uma omelete maravilhosa (peça a western!). Se cansar de ficar na rua (comigo não acontece isso, sorry) tem duas opções de ambiente fechado: The Peppers e Wonka. Boa sorte! Ah, você pode encontrar o Homem Aranha por lá também:

largo
Foto: minha

4. Feirinha de orgânicos do Passeio Público

Quem não gosta de verduras limpinhas e bem cuidadas? Pois todo o sábado tem a feirinha de produtos orgânicos no Passeio Público. Dá para encontrar tudo o que você precisa, principalmente ser for vegetariano/vegan. Tem pão integral, queijo, ovos, verduras e legumes livres de agrotóxicos, coalhada e outras delícias. Funciona todos os sábados, das 07 às 12h, no Passeio Público (aproveite e faça uma caminhada por lá). Vale a pena!

feirinhaorganico
Foto: minha

5. Bosque Alemão

Eu fui apenas uma vez neste bosque e fiquei apaixonada! Eu nem sou muito fã da cultura germânica, mas confesso que o Bosque Alemão me pegou de jeito com a trilha do João e Maria. Achei uma fofura sem fim. Sem contar que o lugar é lindo e tem várias atrações legais (amei o mirante). Ah, vale a pena contar que visitei o local com a Dani e o Ivan para tirar foto do convite de casamento deles, awn. Nunca mais voltei, mas pretendo fazê-lo em breve porque merece um remember.

bosque-alemao Foto: http://www.cultura-arte.com[/caption%5D

E é isso! Sim, sou um clichê ambulante e o que indiquei não é nada inovador… mas é tudo de coração e que merece a visita MESMO. Quem quiser indicar outros passeios e restaurantes em Curitiba, fique à vontade!

Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Para ler todas as blogagens coletivas do Rotaroots, clique aqui. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

Tea-time: Chá & Arte, Curitiba

Como já comentei aqui, estou numa fase chá que espero que nunca acabe. Nunca fui muito chegada em café e só tomava loucamente na época da faculdade. No mais, café para mim só fica gostoso mesmo com leite. Agora um chá bem feito realmente é muito amor. Desde criança gosto. Tem todo um ritual para preparar, um cuidado especial (assim como o café também). Eu preparo meus chás com muito carinho e espero os minutos corretos para a infusão e tudo mais.

Para minha alegria tem uma casa de chá bem pertinho da minha casa. É a Chá & Arte, um dos lugares mais agradáveis e cheirosos dessa cidade. O ambiente, além de ser muito lindo desde a fachada, também possui uma vibração excelente. As pessoas que trabalham por lá cuidam da sua necessidade e sabem exatamente o que indicar. Além disso, tenho todo um amor pelos detalhes da loja e a variedade de produtos como canecas, bules, infusores e, principalmente, dos chás especiais, ervas, cereais, sais para banhos e tudo mais o que você imaginar. O detalhe mais importante: tudo o que tem ali parece ser escolhido a dedo.

cha_arte_curitiba_fachada_1

Tirei muitas fotos mesmo, pois são muitos detalhes e várias coisas LINDAS que preciso mostrar. Então vou ter de dividir este post no “read more”, não tem jeito. Achei legal que, quando pedi permissão para tirar as fotos, me falaram para eu passar o link do meu humilde blog para que eles possam divulgar também. Que amado, né não?

cha_arte_curitiba_fachada_2

cha_arte_curitiba_fachada_8

cha_arte_curitiba_fachada_6

Adoro esses livros. Toda vez que os abro caem em mensagens com uma ~dica~parecida e complementar do outro. E tem gente que não acredita…

cha_arte_curitiba_fachada_loja_3

Essa é uma das paredes com ervas, especiarias e temperos <3

cha_arte_curitiba_loja

Adoro essa cadeira

cha_arte_curitiba_fachada_loja_4

Essas são as latas com os chás que ficam na entrada. Todas nomeadas :)

cha_arte_curitiba_fachada_loja_5

Essa banheira vintage é muito amor! Lá vende banhos, sais, buchas vegetais, shampoo, sabonetes etc.

cha_arte_curitiba_detalhe_11

Algumas das lindezas! As matrioskas são dignas do Pinterest, hein?

Para o post não ficar gigante e com muitas fotos, pode clicar no (more…)