Sereismo na ModCloth

A ModCloth é um desses e-commerces de roupas e acessórios que serei eternamente apaixonada. Nunca comprei nada por lá porque 1) não tenho cartão internacional; 2) tenho paura de errar o número e ficar super apertado no meu corpo. Apenas isso, nada mais. Mas olha esses vestidos, por favor! São as coisinhas mais lindas desse mundo, muito meu estilo que chega a doer. Como tenho o dedo podre até para me apaixonar por roupa, gostaria muito desse aqui (que custa ~apenas~ $349.99, affffffff²³³).

b75708c2b0ad58bb026818f9276cd724

ENFIM, não entrei aqui para falar do site da ModCloth, mas sim do blog deles. Não basta ser esse sonho de consumo em forma de e-commerce, também precisa ter um diário virtual DECENTE.  Ali tem look do dia, receitas, posts Mão Feita, fotos para inspirar e DIY. Esse último chama muito minha atenção porque sou dessas que adora tentar fazer uma tranqueirada em casa (vide aqui e aqui). Não tenho talento artístico, mas não desencano de criar minhas coisinhas. Ontem vi no Instagram uma chamada para o blog de um DIY AMOR demais.

O snow-glitter globe de SEREIA:

DIY snow globe sereia

Maluco do céu, quando vi essa lindeza surtei por dentro. PRECISO FAZER PARA ONTEM.  E o melhor, parece bem fácil, veja só:

snowglobesmc

Vai precisar basicamente de superbonder, óleo de bebê, glitter, um pote hellmann’s (hahaha) e a sereia Loreley linda (que essa vai ser danada de achar por aqui). É só colar a sereia na tampa, encher o pote de glitter, jogar o óleo e fechar com a bonitinha já grudada. SIMPLE as fuck. Se alguém achar uma sereia nesse estilo, me avise, por favor! Eu pago frete e tudo :) Quero fazer um de sereia e outro de unicórnio porque adoro esses dois. Quando conseguir, postarei aqui fo’sho’.

Fonte: ModCloth Blog

Instagram do amor: @gameofthrones

Instagram do amor: @gameofthrones

Game of Thrones é uma dessas séries fantásticas e bem feitas (thanks HBO) com um elenco excepcional. Pelo o que eu vejo por aí, a galere é bem unida e divertida.

Instagram do amor: @gameofthrones

Mas não basta ser uma série fodástica com um elenco bonito e cool, tem de ter uma conta no Instagram super legal e recheada de Funko Pop. Dá um orgulho, sabe? Detalhe mais bacana ainda: quem cuida do perfil é um fã, Mike Krieger. Ele chegou a ir na première da terceira temporada de GoT. HOW COOL IS THAT?

Instagram do amor: @gameofthrones

Instagram do amor: @gameofthrones

Falando nisso, quero muito começar os livros, mas fico preocupada com os spoilers e que minha imaginação possa vir estragar meu tesão pelo seriado. Sei lá, sou meio neurótica com essas coisas. Então vou esperar mais um pouco para começar a ler a linda obra de George R.R. Martin, esse gordo lindo que não tem dó, nem piedade em matar os personagens mais legais (e burricos).

Instagram do amor: @gameofthrones

Instagram do amor: @gameofthrones

Instagram do amor: @gameofthrones

via instagram Game of Thrones

Fanpage: Creative Idleness from Hell

2235f4247382c55efb55f621947365fc

Eu trabalho com Mídias Sociais (é, pois é) e ~tenho~ que ficar sempre antenada nas interwebz da vida. E mano, vou te contar, é DOSE! Tem muita, muita coisa! Muita referência, muita fanpage, muita rede social, muita gente no planeta etc. Fico doidinha com tanta informação (e feliz, pra falar a real). E daí que resolvi fazer uma fanpage para dar mais uma acumulada nessa internet lyndra. Acho que meus friends do Facebook não me aguentam mais postando tranqueirada, heh. Sem contar que é bom descansar o cérebro, né? Essas imagens me ajudam a criar conteúdo e tudo mais.

Enfim, se você gosta de coisas bizarras, filmes, músicas, cultura pop, tá convidado(a) a seguir: Creative Idleness from Hell

with all the fun that we have, we have come far

E sumi. Sumi porque estava em SP sendo feliz. Tão simples e bonito, sabe?

Fui assistir ao show da carreira solo do Paul Banks – vocalista da minha banda favorita e mais amada, Interpol. Quando a gente ama de verdade dá um jeitinho, sem desculpas, sem enrolações. E, quando tudo se encaixa e  ninguém te empata, fica mais fácil ainda para fazer dar certo.

sp_trip

Eu cheguei na quinta – dia do show – mas já dei um rolê com a amada Marcela e depois com o marido dela, Val. Amor define esses dois! Conheci o Centrão de SP e até consegui me assustar com uma exposição no Banco do Brasil. Depois de encher a pança num restaurante japonês, parti rumo ao pintudo (de pintinhas no rosto, ô mente suja).

show_paul_banks

Foi no Cine Joia e agradeço aos céus quando o show é em lugar desse nível. Assim como no show do Interpol, em 2011, consegui ficar bem próxima ao palco. Na real, fiquei em um lugar bem melhor, já que tinha pouca gente mesmo. Contei as pintinhas no rosto do moço de novo, 123×4.

show_paul_banks_6

O evento era da Club NME São Paulo em parceria com a UKBR e crowdfunding da Jack Daniel’s e Playboy. Cheguei a receber uma dose giga da bebida, mas não tomei porque gosto de ficar 100% sóbria em qualquer show que vou. Só peguei o copo, pois y a mucha honra Maria la del Barrio soy. Teve banda de abertura (Hatchets) muito bacana que segurou bem, além de DJ digno também. O ambiente estava perfeito: ar condicionado, pouca gente e música boa <3

show_paul_banks_2

Quando meu loirinho Banks entrou fiquei bem feliz e nem chorei. No show do Interpol eu fiquei passando mal de tanta lágrima que saía, parecia uma debilóide porque era tipo SONHO DA VIDA sendo realizado. Dessa vez foi bem tranquilo, sem vexames por aí.

show_paul_banks_7

A setlist estava muito bacana. Ele misturou bem os dois discos (sou mais o primeiro) e tocou uma que jamais pensei que fosse entrar: Paid for That que é uma música bem agressiva e minha predileta do segundo álbum. Realmente pirei a batatinha e a culpo por 20% da minha rouquidão de agora.

A banda de apoio era amor puro. Gostei do baixista e tecladista:

show_paul_banks_4

Babe Banks estava numa simpatia que só! Ele é bem introspectivo quando está tocando, sempre tinha um ponto fixo para olhar ou ficava com os olhos abaixados mesmo. Porém, quando a música acabava e todo mundo aplaudia, ele simplesmente dava AQUELE sorriso tímido e agradecia em português. E ainda nos elogiou muito! No show de 2011 – no Clash Club, no caso – ele foi tão simpático quanto nesse. Como não amar esse bonitinho, né não?

show_paul_banks_3

Enfim, amei muito como não poderia deixar de ser! Engraçado que todo o show que vou sempre fico com uma música na cabeça que antes nem dava tanta bola. No caso dessa foi a “On a Esplanade”, já escutei um bilhão de vezes depois desse dia:

Copos devidamente mocados:

show_paul_banks_5

Para ver mais fotos aqui e aqui. Para conhecer o trabalho solo dele, se jogue aqui.

O resumo dessa viagem (até ia fazer um post contando melhor, mas neeem):

sp_trip_9

sp_trip_8

Dos desenhos amados: Adam C.Moore

Eu amava assistir He-Man, She-Ra, Thundercats e tantos outros. Não é porque cresci nessa época, mas os desenhos dos anos 80/90 eram os mais legais de todos. Dos mais recentes, gostava só os que passavam basicamente na Nickelodeon (AAAh Monsters, CatDog, Hey Arnold etc).

thunder_power_rumble_by_laemeur-d4axleo

Tudo isso para dizer que achei um artista muito maneiro chamado Adam C. Moore aka Læmeur. A galeria dele no DeviantArt é muito amor, ele faz uns mashups dignos ou deixa nossos ~heróis~ mais à vontade. Outro que pago pau é o Guillemin  e já falei dele aqui.

Skeletor_cows_Beastman___color_by_Laemeur

to_save_third_earth__alt_by_laemeur-d3750du

lion_o_tv_by_laemeur-d55i42n

tumblr_mjfaigD2lg1qb57azo1_500

he_man__teela_tpwp_by_laemeur-d38djzi