Mão Feita Reloaded: Nail Art by euzinha

Quem seguia o Mão Feita  tinha plena consciência que nunca fui chegada em nail art e outras extravagâncias. Das texturas diferentes da época, só gostava de craquelado (que acho ridículo hoje em dia) e flocado (ainda gosto). E o que é aquela unha de veludo, hein? WTF? Tão cheirando muita acetona, só pode. Obviamente eu sempre fui a mais ~boring~ do grupo. Mas, se eu criei o blog e chamei um monte de amiga (ele já teve 16 meninas) foi justamente para isso: ser o mais democrático e variado possível. Com toda certeza do mundo, se não tivesse as meninas que ousavam mais, o blog teria sido meio chato. ENFIM, águas passadas, novos tempos e hoje em dia até que acho algumas nail arts bem legais, vide minha pasta MF4ver do Pinterest.

Eu não tenho coordenação motora nenhuma para fazer certas coisas, mas teve uma que fiquei completamente apaixonada quando vi no Instagram da Danielle do WeWoreWhat:

0058669f3170e0c11472d9685f670f81

Ela usou essa unha para o Coachella deste ano. O esmalte era o “Don’t Pretzel My Buttons” da OPI e os baby gold studs da Miss Handly. Achei delicado e fácil de fazer, já que lembrei que tinha uns coraçãozinhos da Joia de Unha. Pensei que não tinha nenhum esmalte cor de calcinha de vovó, mas tinha sim, o Meia Calça da Risqué, da coleção do Reinaldo Lourenço.  Pode parar tudo porque depois de anos iria passar um esmalte CLARO e fazer NAIL ART.

joia_de_unha_meia_calca_nail_art

Aplicar a minijoia não foi problema nenhum, o manual de instrução foi bem claro. Passar o esmalte foi ok também, coitada de quem pensa que usar esmalte claro é fácil. Tem de ter um certo cuidado para não manchar (o que aconteceu quando passei o ultra brilho). Alguns detalhes de aplicação antes de mostrar o resultado final:

modo-aplicacao

Aplicando:

colando_coracao_nail_art

Passei extra brilho da Volare (o que tinha em casa) em todas as unhas para fixar a minijoia. Infelizmente deu uma leve borradinha em algumas e por isso ficou meio uó. Na foto a seguir, os cantinhos das unhas ficaram estranhos… mas juro que limpei:

nail_art_exp_real

 

Tá ruim, mas tá bom! Minha próximas experiência será essa mani (veja como fazer aqui):

5a2c00ed3786a9470a95d898bffb5d0e

Só terei de achar o adesivo, o resto espero dar conta! Com certeza postarei aqui ;)

Novidades por aqui!

mais_20_min_fanpage

Tem algumas novidades por aqui, my friends! A primeira foi a criação de uma fanpage para o blog. Pretendo concentrar os posts que faço por aqui e algumas fotos que tiro no meu Instagram pessoal. Os achados da interwebz continuarei postando no CI From Hell. Enfim, quem quiser seguir a fanpage do blog será super bem-vindo(a)!

Outra coisa que aumentei por aqui foi uma página de desapego. Cansei de acumular peças legais que não uso na minha vida. Inclusive, estou em rehab interna. Só irei comprar o estritamente necessário. Odeio essa sensação de  Becky Bloom, sabe? Tem épocas da minha vida que sou a pessoa mais mão de vaca e outras que compro presentes para mim e para o mundo. Cadê equilíbrio? Estou buscando!

vendo camiseta do batman

Caso você esteja procurando camisetas legais e com um preço digno, visite a minha página e boas compras! Alguém precisa fazer bom proveito dessas belezinhas encalhadas ;)

tumblr_mloj94Umy31s4nsayo1_500

Tudo sobre os (meus) blushes

blush_0_0

Minha relação com blush foi um pouco tardia: comecei a usar de verdade apenas em 2009. Comprei o Melba da MAC e o uso até hoje (sim, dura MUITO). Nele eu vi que faz diferença sim, você fica com cara de saúde e a coisa toda. Demorei a utilizar porque sou branquinha e sempre achei estranho ficar parecendo aquelas matrioshkas das bochechas rosadinhas. Sem contar que fico corada naturalmente, então já viu. Depois que comprei um pincel chanfrado da Contém 1g (uso até hoje também), daí sim me senti envolvida pelo mundo do blush. É tudo uma questão de saber aplicar, ter um pincel decente e um blush com boa fixação.

Depois disso comprei um iluminador do Duda Molinos que aqui jaz e o famoso Orgasm da Nars. E assim foi indo. Hoje vou mostrar os blushes que tenho e os que mais uso:

Dia a Dia: Pink Swoon e Melba, MAC

blush_0

Esses são os que uso no dia a dia. O primeiro é o Pink Swoon, um rosa frio bem levinho. Ele dá aquela corzinha digna no rosto, sem parecer que você passou algo no rosto. Já o  furadinho foi o meu primeiro e muito amado, Melba. Eu o comprei meio na louca, achei a cor bonita (pêssego/coral opaco) e dei sorte. Ele fica bonito nas branquelas. Só que é preciso tomar cuidado por conta da pigmentação absurda: uma pincelada a mais é capaz de deixá-la que nem a palhaça Goiabinha.

Blushes e iluminadores que são poucos usados

blush_1

Os finos

blush_pouco_usados

Os blushes acima são utilizados em ocasiões mais dignas: O da Lancôme eu peguei da minha mãe (SEGURA MELIANTE) e é o Rose Boisé, um rosa terroso opaco. Provavelmente está vencido, mas tenho pena de jogar fora (não faça isso).  Já o famoso Orgasm da Nars é tudo isso mesmo. Ele é um coral/pêssego com partículas douradas. Lindo de viver! A pigmentação é mais suave, porém muito boa. Por último, o Marimekko for Avon que comprei porque era lindo mesmo. Nunca o usei, pois tenho pena (??).

Iluminadores e bronzers

blush_iluminadores_bronzers

blush_iluminador

Como contei acima, meu primeiro iluminador foi do Duda Molinos. Eu adorava, mas ele quebrou e venceu. Só não gostava do cheiro de talco da vovó. Depois que me acostumei a utilizá-lo e vi que não dava mais, investi no Soft and Gentle da MAC. Lindíssimo! Ele é mineralize skinfinish e só tenho amor por ele. Outro que comprei foi bronzer + iluminador da Vult cor 01. Aliás, tenho uma história interessante com essa marca: quando o comprei não conseguia abrir de jeito nenhum, pedi até para o meu porteiro ajudar. Liguei no SAC da Vult, mandei a numeração dele e me mandaram outro. Achei isso tão digno! Depois de alguns anos que consegui abri-lo e acabei dando de presente para uma amiga. Enfim, ele é muito bonito e tem uma pigmentação legal. Por último, tem o Instant Bronzer Loose Powder da Le Lis Blanc Beauté. Ele é um pó solto iluminador bronzer. Dá um brilho que só vendo.

Pincéis

blush_pinceis

Ter um pincel bom também é fundamental na hora da aplicação. O meu primeiro foi o da Contém 1g (o do meio) que já está todo velhinho e ainda dá para usar tranquilamente. Ele é chanfrado e por isso pega bem na área correta. O da MAC (o primeiro) veio num Kit e é o 160SE (versão menor). Eu o utilizo para aplicar o iluminador. O último, da ProArt, também utilizo para iluminador ou quando lavo o da Contém 1g. Uma dica: não assoprem o pincel para tirar o excesso. Eu costumava fazer isso, mas descobri que é total anti-higiênico porque a boca é recheada de bactérias e vai tudo para sua pele. Mesma coisa de cuspir no coitado. Hoje em dia dou uma batidinha de leve na embalagem e pronto.

Tutorial como aplicar

Como aplicar iluminador e blush em alguns tipos de rosto:

blush_contorno

E não se esqueça: blush fica bonito bem de leve, como se você tivesse apenas coradinha porque viu um boy magia na rua. Nada de passar meio quilo, nada de usar tipo blush-cartão-anos-80 e ficar parecendo que levou uma chinelada no rosto. Quanto mais natural, mais bonita você fica! Para fechar, assista ao vídeo aqui que a Vanessa Rozan ensina a passar blush. De nada.

Novidade: Agora o Mais 20 Minutos tem FANPAGE

O estilo de Valentine

394768_450263688340713_1471349075_n

Já tem uns três dias que estou fuçando o blog da francesa Valentine. A descobri no Pinterest e adoro a qualidade das fotos, a riqueza dos detalhes e, principalmente, as escolhas das peças para o look do dia.  A verdade é que estou meio de saco cheio de blogueira de moda. Sempre é o mais do mesmo, todas ficam parecidas… BORING.

O estilo de Valentine

Essa menina – que é designer e tem 30 anos (!) – parece menos afetada. No Hello it’s Valentine tem publipost sim, ela vai em eventos super legais também, mas a impressão que passa é que vive num mundo mais real. Ela mora com o namorado (um gatzinho que só) que é todo biker style e sempre o acompanha por aí.  Acho uma graça as fotos dela na bicicleta toda cool chic! Ah, o casal tem um gato chamado Batman <3.

o-estilo-de-valentine_7

Do estilo dela me identifiquei com os turbantes (não uso, mas acho lindo), lenços (uso), mistura de peças mais românticas com militares/pesadas/rockers, meia calça com short  e vestido, repetição de peças de maneira inteligente, olhos sempre delineados etc. O que não gostei foi uso de dois relógios (oi?), toucas em excesso (faz frio pra cacete por lá, então tá), o cabelo Amélie Poulain e acho que só. Separei algumas fotos dos meus looks favoritos (parei em fevereiro de 2012):

O estilo de Valentine

O estilo de Valentine

O estilo de Valentine

O estilo de Valentine

O estilo de Valentine

O estilo de Valentine

O estilo de Valentine

O estilo de Valentine

Hoje em dia o cabelo dela está bem Amélie Poulain (não gosto). O que achei mais bonito foi o do corte mediano com ondas e ombré nas pontas:

o-estilo-de-valentine_hair

Para delinear os olhos: ela usa a caneta Liner Feutre da Bourjois. Aqui tem um post patrocinado da make dela. Batom predileto é o Really Red da Revlon (tô cobiçando).

o-estilo-de-valentine_makeup

o-estilo-de-valentine_shoes

o-estilo-de-valentine_sapato

O estilo de Valentine

o-estilo-de-valentine_boy_2

Adendo: post fofo em que ela ensina como amarrar lenço/turbante

Adendo 2: Aqui tem um post retrospectiva 2012 com os melhores looks e a transformação capilar. A fia não tem medo da tesoura!

Se você também gostou do estilo dela, pode stalkea-la no Facebook e no Instagram.

Queens of the Stone Age …Like Clockwork

248231_10151673455732806_803410766_n

Queens of the Stone Age é uma dessas bandas do coração. Quando fui ao show deles em 2010 realizei um sonho mesmo. E sim, sou intensa e todos os shows que vou fico deveras emocionada. Não pude vê-los este ano, mas acredito que Josh Homme e sua trupe voltarão em breve.

Tudo isso para falar que estou viciada nos vídeos do álbum novo …Like Clockwork. Parece um presente especial para os fãs, sabe?  O álbum já vazou e os caras já liberaram no iTune, mas será lançado oficialmente em 3 de junho (UK) e 4 de junho (US). Por enquanto só conheço as músicas do vídeo e estou achando coisa de doido. Não decepciona mesmo. Sem contar que  tem participações incríveis de Elton John, Alex Turner, Dave Grohl, Trent Reznor etc. Olha quanta gente fodelona, minha gente! O Josh Homme é tão camarada que tocou My God is the Sun pela primeira vez aqui no Brasil. SORRY RESTO DO MUNDO.

431123_10152863250860584_1158429239_n

Sobre os clipes:  eles criaram uma página chamada Like Clockwork.tv com todos os vídeos. Os clipes contam uma história meio pertubadora e a animação foi feita pelo artista britânico Boneface que também fez a capa do álbum e é conhecido por ilustras bem agressivos. Aqui tem uma entrevista com ele. Achei sensacional como eles estão divulgando e o vídeo final com as histórias bem amarradas. Assista e sinta seus miolos estourando:

As minhas prediletas são If I Had A Tail e I Appear Missing.

Where are you hiding, my love?
Cast off like a stone
Feelings raw and exposed when I’m out of control
Pieces were stolen from me
But dare I say, given away
Watching the water give in
As I go down the drain
I appear missing now

I go missing
No longer exist
One day I hope
I’m someone you’d miss