Fanpage do amor: Lowbrows Popsurrealists

ryden_04

Lembro que lá em 2005, bem no comecinho do DeviantArt e LiveJournal, descobri artistas como Mark Ryden, Ray Caesar, Camille Rose Garcia, Junko MizunoTrevor Brown, entre outros e achava simplesmente O máximo. Lá no meu falecido LiveJournal (era fechado, poucos posts em público), cheguei a entrar em algumas comunidades de lowbrow e babyart.

Depois que me mandei do LJ, parei de acompanhar como fazia antigamente e fiquei um pouco por fora (tem tumblr para isso) de artistas novos de Lowbrow. Por conta disso, fiquei feliz ao encontrar a fanpage Lowbrows e PopSurrealists! Ela é bem completa e vem linkada com o site oficial do artista. Tô adorando voltar para esse mundo underground de arte pop surrealista. Para quem não conhece: O termo “lowbrow” é uma gíria que significa vulgar, inculto, é o contrário de “highbrow” que é o “intelectual”. A arte lowbrow também é conhecida como pop surrealism, urban folk e outsider art. Os artistas possuem referências mais underground como cartoons, tatuagens, quadrinhos, Filmes Trash B, Naïf, cultura gótica (<3), grafite, bandas indies, hot rods, kitsch e, é claro, surrealismo. Saiba mais aqui.

É um mundo a parte, algumas artes são realmente bizarras e cheias de detalhes e é por isso que admiro. Outra coisa: você identifica que é lowbrow pelo traço e tema. Separei alguns trabalhos da fanpage mesmo:

Bunny Mazhari

lowbrow_Bunny Mazhari

Juan Gatti

lowbrow_Juan Gatti

Ana Bagayan

lowbrow_Ana Bagayan

Sergio Mora

lowbrow_SERGIO MORA

Richard J. Frost

lowbrow_Richard J. Frost

Natalie Shau

lowbrow_Natalie Shau

Nouar

581869_585123178174701_806328996_n

Tudo sobre (meus) delineadores

delineador_imagem

Volte e meia alguma amiga vem me perguntar como aprendi a delinear os olhos e a resposta é uma só: treinando muito. Eu amo um bom delineado, acredito que dá uma força no olhar e deixa com cara que você tem uns trocados no banco (aka RYCA). Mas vamos combinar que ter firmeza na mão e no traço é só com MUITO treino. Antigamente eu era o Michael J. Fox dos delineados, Deus que me perdoe, mas era dose. Eu tremia, borrava e ainda acontece tudo isso, porém com uma intensidade bem menor. Eu só digo que é importante não desistir porque uma hora dá certo. Eu prometo.

Como começar

Cada um tem facilidade com um ou outro tipo de maquiagem. Eu comecei a treinar o traço com lápis mesmo, mais precisamente com o Powerpoint da MAC (cor engraved, o preto). Quando  me senti mais segura e com mais firmeza na mão, investi em canetas delineadoras como a d’O Boticário (hoje em dia fica na minha necessaire) e Max Factor (adorava!). Daí sim que os traços começaram a ficar melhores. Além disso, eu assistia muito tutorial em vídeo e guardava várias fotos. Fui na minha conta do Youtube para procurar em meus favoritos o vídeo que mais me ajudou (não é de nenhuma maquiadora super famosa):

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=ff6O-nlPv_c%5D

Já a foto que foi fundamental para que eu conseguisse criar meu traço predileto foi:

delineador_como_aprendiO bom da caneta delineadora é a ponteira – mais fina – e a precisão que ela dá. Hoje em dia eu uso o em gel, mas tenho o líquido (não recomendo para quem está começando) e um de caneta. Veja só:

delineador_deagora

delineador_ponteira

Fluidline Blacktrack + Pincel 211, ambos da MAC – Eu prefiro pincel com a ponta mais fina e me dei bem com esse. Comprei vários pincéis mais baratos antes de investir no 211 e descobri que chanfrado não é comigo. O delineador em gel é muito amor, ele deixa o traço bem marcado, dependendo da quantidade que você passa no pincel. Recomendo que, antes de investir em um desse e no pincel mais caro, já tenha uma certa firmeza na mão para não ficar bizarro.

Liner Express, Maybelline – Delineador líquido. Ele tem fixação e pigmentação bem ruins. Não recomendo.

Super Liner Ultra Precision, L’oreal – A ponta é boa, mas a fixação e a pigmentação bem medianas. Quero comprar uma caneta do Duda Molinos, alguém já usou?

delineador_pinceis_teste

São todos os pincéis que testei antes de comprar o mais caro. Alguns vieram em kits, outros soltos, mas todos bem baratos. É preciso saber qual você tem mais habilidade e firmeza, fato.

Lápis de olho

Excelente para quem está começando! Recomendo o lápis retrátil, principalmente o da Avon porque a ponta é mais fina e é ótimo para treinar o traço.

delineador_lapis

1 – Adoro esse lápis creamy da Le Lis Blanc Beauté. Eles são bem macios e possuem uma fixação muito boa! Tenho dois desses, um já está bem usado (a ponta não dura muito mesmo).

2- Lápis retrátil Make B., Boticário – muito bom! a ponta é fina e a durabilidade é digna.

3- Lápis retrátil Avon – Adoro esse, principalmente o que tem glitter e é azul.

4- Lápis Powerpoint, MAC, cor engraved – Um dos melhores que já usei: macio, dura, deixa bem preto.

5- Lápis Regard Pailetté, Bourjois – amoooo! veio de brinde junto com um rímel que comprei. Acho que Bourjois tem um custo x benefício bem bacana. Esse lápis, em especial, possui micro glitters e a durabilidade é muito boa. Saiba mais aqui.

6- Lápis Superpreto, Contém 1g – esse é o mais novo de todos (para ver como duram). Como o próprio nome diz, é bem preto. Gostei bastante dele, apesar de ter sido caro.

7- Lápis preto, Givenchy – ganhei da minha mãe 10 mil anos atrás. Ele é bem escuro, mas borra que é um horror. Nem uso muito.

Tutorial com caneta delineadora

delineador_tuto_principal

Com pincel (não dá para indicar um específico. eu, por exemplo, odeio chanfrado)

delineador_tuto_pincel

Mais tutoriais em fotos (tem mais ideias aqui e aqui).

Musas de delineado

São várias! Mas a minha predileta entre todas é a Sophia Loren. Amo os delineados que ela faz.

sophia_delineado_loren

Também gosto da Ana K. Acho lindo o cílio inferior marcadinho, acho 60s.

ana_k_godard

Uma mais moderna que adoro é a Kat von D. Ela manda muito bem na make, sendo que tem coleção na Sephora. Achei esse delineado incríveeeel. Espero um dia chegar lá!

delineado_mais_legal_kat_von_d

 Euzinha com olhos delineados (quase todo dia, hehe)

euzinha_2

euzinha_3_1

euzinha_1

Para fechar, segue mais uma inspiração, minha mãe que mandava bem no delineado. Ela só usava maquiagem nos olhos quando era jovem, hoje em dia é só batom.

mae_delineador_1

A minha Curitiba

Morando seis anos na gélida Curitiba, já consigo falar com espontaneidade os termos “piá”, “djanho” e, mais recentemente, “guria”. Nunca falarei “vina” (salsicha) e muito menos “penal” (estojo) por ser incrivelmente bizarro (e feio).

Das cidades que já morei, Curitiba é a que mais gosto. Quando cheguei aqui achava que minha relação era completamente amor de malandro, mas consegui me entender e cá estou escrevendo sobre essa linda.

Uma das coisas que mais tenho prazer – desde pequena, já que vinha de 6 em 6 meses para cá -, é passear pelo Centro. Principalmente pela XV. Ali você já reconhece as figuras de praxe e sempre se surpreende com algo diferente. Gosto muito do Largo São Francisco também, se eu pudesse moraria por lá.

Por conta disso, acho interessante registrar algumas coisas da cidade (tudo tirado com câmera de celular):

Alguns detalhes na XV

curitiba_xv

curitiba_xv_2

curitiba_xv_3
Edíficio Garcez foi o primeiro arranha-céu de Curitiba
curitiba_xv_zacha
Praça Zacharias – que sempre está acompanhado de pombos

Paço da Liberdade

curitiba_paço

curitiba_paco_3

curitiba_paco_2

Passeio Público

curitiba_passeio_publico

curitiba_passeio_pub_2

Busão – XV/Paulo Gorski ou Jd. Social/Batel

curitiba_busao_3

curitiba_busao

curitiba_busao_2

curitiba_busao_4

Largo São Francisco

curitiba_largo

curitiba_largo_2

curitiba_mesquita

Street Art

curitiba_street_art

curitiba_street_art_2

curitiba_street_art_3

curitiba_street_art_4

curitiba_street_art_5

curitiba_street_art_6

curitiba_street_art_7

Detalhes e realidades

curitiba_vitrine_nonsense

curitiba-godard

curitiba_detalhes

curiitba_realdade

curiitba_triste

Depois vou fazer uma parte 2 com a Ruy Barbosa, Ed. Asa, Osório e tantas outras coisas que fazem  Curitiba ser tão legal!

Toque de merdas: Tumblr vs Yahoo

Segunda-feira (20) já começou caótica com o anúncio que o Tumblr foi vendido para o Yahoo por US$ 1, 1 bilhão. E o kiko? E o que eu tenho a ver com isso é meu caso de amor com o Tumblr e meu desgosto pelo Yahoo que tem o toque de Midas ao inverso. Está certo que o David Karp tá feito na vida, que eu ando me dedicando mais ao Pinterest etc, mas e o medo do meu amado se transformar nisso:

tumblr_yahoo

Vamos combinar que esses investimentos megalomaníacos sempre dão algum tipo de problema, né? Lembrando aquele bola do fora do Instagram ano passado com a ~nova política de privacidade~. Aconteceu depois do que mesmo? Quando o sr. Facebook – o FBI falido da internet –  resolveu comprá-lo.  Mas enfim, enquanto não destroem o Tumblr vou continuar rindo dos gifs e imagens nonsenses que encontro por lá:

yahoo_tumblr_shining

tumblr_mn5i4q9EpA1rshdbuo1_500

tumblr_mn0mgmTemq1qbxfjqo1_500

tumblr_mn0mgmTemq1qbxfjqo2_500

Tumblr, esse trolladorzinho ordinário <3

A ilustração de Kael Kasabian

Kael Santana de Lima aka Kael Kasabian é um ilustrador super talentoso que descobri por meio da Ana Carolina do blog Flores e Corações. Quando vi a ilustração pronta do lindo e danado Café, logo quis encomendar uma para o meu amor caolho Camões. Fiquei apaixonada pelas cores e, principalmente, o traço. Super meticuloso com listras coloridas que dão um certo “volume” ao desenho.

Pedi mais informações para Ana Carolina e já entrei em contato com o Kael para saber preços e como era o processo do trabalho. O artista foi super prestativo e educado, sendo que até me mandou foto da cachorrinha Bibi e contou que sua mulher tem uma ONG em Iúna/ES que recolhe cachorros abandonados. Muito amor, né não? Ah, um adendo interessante: Kael mora no Espírito Santo, mas é de Santos/SP. Depois de tudo acertado, mandei quatro fotos do Caolho e ele resolveu fazer um mashup:

caolho kael kasabian

Em poucas semanas, Kael me mandou um detalhe da ilustra:

kael kasabian

Já fiquei super ansiosa e no dia seguinte ele me mandou o resultado final:

tumblr_mlvvt8HwED1r8s0g0o1_500

Como não amar, Brasil? Olha a perfeição do trabalho do Kael! Já recebi a ilustração em papel canson creme que foi feita com tinta acrílica, aquarela e caneta. Quero colocar numa moldura bem linda e pendurar na parede de tão orgulhosa que estou (pena que não acho uma moldura assim de 15×21, AJUDAEU)!

kael kasabian

Fiquei tão animada que resolvi fazer umas perguntas para ele. Bora conhecer um pouco sobre este talento:

Mais 20 Minutos entrevista Kael Kasabian

– Quando começou a ilustrar?

Em 2002, ganhei um kit para desenho de uma  tia e de lá venho trabalhando sem parar.

– Quais são suas referências artísticas?

São muitas, mas o surrealismo, a art noveau, os mangás japoneses e a street art são os principais.

– Como desenvolveu esse método de ilustrar? Fiquei impressionada como os traços meio ondulados são meticulosos.

No começo, em 2009 ou 2010, fiz alguns trabalhos pequenos, usando restos de tinta acrílica com água. Fiz alguns animais como se fossem aquarelas. Depois  em 2011, comecei a usar um pincel bem fino para fazer algumas linhas coloridas em cima destas aquarelas, daí com o tempo abandonei a aquarela e só usei as linhas coloridas.

– Quanto tempo leva para desenvolver uma ilustra?

Depende muito. No caso destas coloridas, com as linhas, se for pequena dentro de 2 a 3 dias. Se  for grande (A4, A3 ou A2), dentro de 2 a 3 semanas, já as outras ilustrações o tempo varia conforme a quantidade de detalhes e cores.

-Como define seu trabalho?

Em processo, como comecei de forma autodidata, ainda não consegui “fechar” um estilo que me agrade. Apesar que, os clientes e amigos próximos, sempre digam que já reconhecem meus trabalhos, geralmente pela temática e a escolha das cores.

– Além de criar ilustrações maravilhosas, você possui outro trabalho ou se dedica somente a isso?

Atualmente só me dedico às ilustrações, mas em breve começarei a entrar no mundo das tatuagens.

– Para finalizar, qual seu álbum predileto (ou música) do Kasabian? Não resisti e tive que perguntar!

O álbum sem dúvida é o primeiro, de 2004, quando conheci Kasabian foi um momento de mudanças bruscas na minha vida e as músicas bateram forte em mim. Fora que no primeiro álbum o som, o vocal do Tom Meighan, soem como rebelião, algo agressivo. Infelizmente com os  álbuns seguintes eles perderam esta “revolta” e se tornaram pop.

Se você curtiu e quer fazer uma ilustração com ele também (três amigas já pediram todas as informações, hehe), pode entrar em contato por e-mail com ele aqui. Kael também tem Tumblr e Flickr. Dê uma olhada no álbum somente com ilustras de animais, <3.